Páginas

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

[...]Ela...



Linda, sedutora, atraente, dominante, deslumbrante, amável . Por fora uma mulher, por dentro não passa de uma criança gritando por socorro. Ela tem um jeito de menina que me alucina. Tudo nela é convincente, seu sorriso, seu olhar, sua boca, seu cheiro, seu jeito de andar, sua voz. Ela tem um jeito doce e amargo, que é de confundir o paladar. Tem um jeito de andar que é de embaraçar as vistas. Uma voz que seduz como o canto da sereia. Um olhar que hipnotiza só em ver. Uma mente confusa que nem ela mesmo consegue descrever. Ela demostra aos outros viver na superficialidades das coisas, mas no silêncio da noite e no seu quarto, ela desaba em lágrimas, porque ela se dá por inteira e não vive apenas da superficialidade.
O interior de cada um de nós é capaz de sentir coisas tão complexas e ao mesmo tempo tão intensas que, muitas vezes, podem ser notadas quando sorrimos, quando nossos olhos se encharcam de lágrimas, sejam elas de felicidade ou de tristeza.
Fui atraída por um olhar, por um simples mexer nos cabelos, pelo jeito de falar, pelo seu gosto em particular... Me identifiquei com uma pessoa que muitas vezes pode parecer o meu  inverso (mas não é), mas é um inverso tão fascinante que por não sabermos do que se trata se torna ainda mais precioso e a vontade de descobrir o que não temos conhecimento é tão grande que nos afeiçoamos a tudo o que nos prende a atenção.
Ela é a música que ouço, ela é a lua que eu observo nas noites estreladas, ela é o sol que brinca com meus olhos, ela é a roupa que uso, ela é os filmes que assisto, ela é os pensamentos que me embriagam, ela é minha verdade oculta, ela é meu prazer exposto.
Ela é uma incógnita, assim como eu. Por isso ela me fascina! Quero aprender a interpretar todos os seus movimentos, gestos, sorrisos, olhares. Ela é instigante.

Thais Ferreira

Um comentário:

  1. Gostei seu post.
    Acho que tenho um pouquinho dela também!

    Como vc está, Thaís?Saudades.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ai, a gente pode até tentar se entender.
Volte sempre =)