Páginas

quarta-feira, 27 de março de 2013

[...]Do que há em mim...


Hoje vim falar do que há em mim, se há algo eu não sei, não sei se sinto ou se é só coisas do coração, de viver o passado revirado ou se é apenas uma vontade de viver algo novo, desse algo novo que eu já nem sei se há Um nos dois.
Não gosto de planos, mas você está no nos meus planos. Ou será que é melhor viver tudo que temos para viver, sem fazer tantos planos? Que tal conduzir esse amor com cautela ou se jogar no meio da tempestade? Como eu havia dito em textos passados: " Sei que de todas as minhas dúvidas, você era a maior. Que de todos os meus medos, você era o mais bobo. De todos os meus amores, talvez fosse o maior."
Quando eu olho pra você, seu olhar me mostra um desejo que não dá pra controlar, sinais que até desconheço, me vem um desejo, de me controlar de não controlar. Um desejo maior de te desejar. 
Você é luz na escuridão, é a água no deserto, é o calor no frio, é a paz na guerra, é a solução para o problema, é querer bem mais que querer, é um  desejar de fogo, de paixão. Se você não demorar, esperarei até a eternidade.
Já nem sei o quanto de mim você domina.


Thais Ferreira



2 comentários:

  1. Thaís, que texto lindo e romântico!!Gostei!

    Querida, desejo-lhe uma Páscoa repleta de luz, renovação e muito amor!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Passando e deixando um grande beijo..Tudo de bom para vc Thais...

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ai, a gente pode até tentar se entender.
Volte sempre =)