Páginas

sábado, 28 de setembro de 2013

Por um minuto...


Você nem imagina o quanto eu lutei para não estar ali, o tamanho do orgulho que tive que engolir. Jurei a mim mesma que nunca mais ia te ver, nem pensar nos teus abraços, nem sentir o teu perfume, nem os beijos quentes. Jurei antes nunca mais, nunca mais. Mais uma vez falhei, fui, me rendi.
Me segurei para não dizer as palavras que eu vinha ensaiando na cabeça, no meu pequeno mundo de fantasias, enfim, consegui! Nem uma palavra dita. Não sei o quanto de mim se arrependeu, mas garanto que a maior parte hoje, me chama de idiota.
Dormi remoendo as palavras não ditas, as caricias não trocadas, os abraços a mais não dados.
Mas por um minuto meu mundo era igual ao teu, dois destinos que novamente se cruzavam, dois olhares perdidos, um amor em comum...
Quando senti o teu abraço, parecia que seu mundo e o meu era um só, mesmo sabendo que não. Pensei em mim mais ainda: "Me abraça forte e me diz mais uma vez que já estamos distantes de tudo."

Thais Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário ai, a gente pode até tentar se entender.
Volte sempre =)